Grupo de Estudos e Pesquisa “Eneida de Moraes” (Gepem) – UFPA

A efervescência do feminismo, desde meados dos anos sessenta, estimulou o interesse pelos estudos de gênero, concorrendo para a emergência de um novo olhar da Ciência, numa base interdisciplinar, para esta área de reflexão.

Os frutos desta efervescência favoreceram a criação de programas de estudos nas universidades e demais instituições de pesquisa, responsáveis pelo estímulo à criação de grupos e núcleos de pesquisas sobre a mulher e as demais questões de gênero, em nível nacional e internacional.

No âmbito da Universidade Federal do Pará, esta nova área de conhecimento em torno das teorias de gênero suscitou a criação do Gepem – Grupo de Estudos e Pesquisas “Eneida de Moraes” –, em 1994, cujas associadas têm procurado refletir sobre os temas que sinalizam para a valorização dos Direitos Humanos.

Gepem é constituído por docentes, discentes, técnico-administrativos, pesquisadores e profissionais da UFPA e de outras instituições públicas e privadas, e dos movimentos de mulheres interessados na temática mulher e gênero. O Gepem tem uma coordenação colegiada exercida pelas professoras doutoras Maria Luzia Miranda Álvares (FACS/IFCH/UFPA) e Eunice Ferreira dos Santos (ICED/UFPA)

As linhas de pesquisa do grupo são: Mulher e Participação Política; Mulher, Relações de Trabalho, Meio Ambiente e Desenvolvimento; Gênero, Identidade e Cultura; Gênero, Arte/Comunicação, Literatura e Educação; Gênero, Saúde e Violência.

Clique aqui para visitar o site do Gepem.

Grupo de pesquisa diversidade sexual, cidadania e religião (PUC-Rio)

O grupo de pesquisa teve início no segundo semestre de 2006, com o objetivo de estudar o tema da Diversidade Sexual de forma interdisciplinar.  O grupo está registrado no CNPQ e por dois anos esteve ligado ao Departamento de Serviço Social da PUC-RIO. Durante os anos de 2007 e 2008 foram realizados debates, palestras e apresentações de filmes na própria PUC. Em 2009, o grupo passou a estar ligado à Vice-Reitoria Acadêmica da PUC-Rio.

O site disponibiliza vários textos abordando o catolicismo e a diversidade sexual. Clique aqui para acessar: http://www.diversidadecidarelipucrio.com.br/

Núcleo transdisciplinar de investigações de sexualidades, gêneros e diferenças – Inanna (PUC-SP)

O objetivo geral deste núcleo consiste em refletir, discutir e analisar em que medida o gênero pode ser um enlace que vincule três pilares conceituais: o sujeito, o corpo e as sexualidades. Mais precisamente, as discussões e investigações do grupo terão como objetivos específicos:

– Abordar o debate sobre o processo de subjetivação e o “tornar-se sujeito” a partir da perspectiva crítica dos estudos feministas;
– Cruzar a partir das teorias e pesquisas empíricas as noções de corpo, sexo, gênero e sexualidade a fim de entender como se constroem socialmente e como se nutrem mutuamente;
– Trabalhar conceitos contemporâneos de performatividade de gênero, de identidades nômades para chegar aos debates contemporâneos como a teoria queer.
– Abrir a reflexão sobre a subjetividade, os corpos e as sexualidades e sua relevância politica.

Linhas de pesquisa:
– Teorias do feminino, teorias feministas
– Políticas, culturas e corpos

Clique aqui para visitar o site do Inanna.

Ser-tão – Núcleo de Estudos e Pesquisa em Gênero e Sexualidade (UFG)

O Ser-Tão é um núcleo de estudos e pesquisas em gênero e sexualidade vinculado à Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiás. Criado no final de 2006, o Núcleo tem como missão a produção e a divulgação de conhecimentos voltados à promoção da eqüidade de gênero e à garantia dos direitos sexuais.É composto por professoras/es, estudantes e pesquisadoras/es e por representantes de entidades civis interessados nas áreas de gênero e sexualidade. As reuniões são abertas ao público em geral.

Os integrantes do Ser-tão desenvolvem pesquisas, organizam grupos de estudos e promovem cursos de extensão e seminários, reunindo pesquisadores e formuladores de políticas públicas.

Clique aqui para visitar o site do núcleo.